1 de set de 2018

Quando a gestação bate a porta



Sabe quando você se surpreende com aquela visita inesperada a sua porta. E com a intenção de demorar? A sensação foi à mesma ao vê aquelas duas faixinhas vermelhas aparecendo naquele pequeno teste de gravidez.

Mas como assim, surpresa? Afinal, quem tem relação sexual, sabe que tem o risco de engravidar, ainda mais se não usar nenhum método contra conceptivo, certo? Certinho.
Bem, era assim que eu também pensava. E mesmo tendo relação sexual usando um destes métodos, soube que a eficiência não é de 100% e que provavelmente poderia acontecer uma chance em um milhão, e olha só, eu entrei nessa estatística, eu tive essa chance.

Quando aparece uma novidade como essa é uma mistura de sentimentos... Raiva, por perceber que você não estava preparada e na verdade, nunca passou pela cabeça que um dia isso poderia acontecer e que você não tem a menor ideia, nem pode controlar o que esta por vir. Outra coisa que surge também é a culpa, a lamentação por não ter se cuidado e o quanto isso pode afetar aquele serzinho que está crescendo em você, a frustração de não se sentir pronta, de não saber como cuidar de um bebe e nem fazer ideia se será uma boa mãe. 

Mas ainda neste misto de emoções, nem só vem à preocupação e desolação, mas aquela alegria de que você vai gerar uma vida. E que teve a sorte de estar num ótimo relacionamento, com uma ótima pessoa que será um bom pai e passará com você as mesmas descobertas, medo, e a ansiedade.

Acho que a palavra que define muito grávidas de primeira viagem seria ansiedade. O primeiro mês, nós olhamos no espelho umas trezentas vezes por minuto!Isso quando não fica se comparando com outras mamães que estão no mesmo tempo de gestação. Achando que a barriga não está grande o suficiente pelo tempo e que tem coisa errada com você. Por que nunca achamos que tem algo errado na gestação alheia, sempre criamos a paranoia de estarmos com algum problema.

E o que dizer ao se passar no ginecologista? Cada dúvida, que às vezes esquecemos-nos de perguntar e ficamos depois caçando resposta no Google, até a próxima consulta. O que faz  uma semanas virar uma eternidade.

O peso vira um aliado e ao mesmo tempo um inimigo, você sabe que seu corpo vai mudar que engordar faz parte e até certo ponto é saudável... O problema é quando a balança mostra que você passou o peso devido e a luta começa e muitas vezes são perdidas, por que quem aguenta com tantos desejos?

Mas tem aquelas que emagrecem, por conta dos vários enjoos, azias. Bem, no meu caso sentir pouco enjoo e desejos quase nada. Só aumentou a vontade de comer doces.
Apesar de tanta mudança física, tem também a mudança no humor, que grávidinha não teve essa alteração? Chorar ao vê vídeos daqueles de histórias de vida triste, com moral de ame a todos, com elenco japonês?Gente, eu chorava com comercial de cerveja se bobear. Não, não faz sentindo e nem é pra ter. Isso quando você não virava o Hulk, movida a uma raiva instantânea, pronta pra quebrar geral. Mas por dentro eu era um docinho.

E os palpites? Nossa uma das partes mais irritantes para uma gestante. E que todas, sem exceções vão ouvir. Seja uma vez, três, ou pela aquela amiga, ou parenta que diz que já teve duas, cinco gestações, como se fosse uma competição de quem tem mais?!

Lembre-se, por mais experiente que uma mulher diz ser, a gestação é pessoal, cada uma tem sua forma de levar, por mais que a natureza seja padronizada. Afinal, você não será uma gestante alienígena, passara por varias situações que outras mães passaram, o que torna diferente é que você é única!Curta cada mês, vibre com cada descoberta, comemore a cada ultrassom, viva seu novo amor e não se preocupe com pitacos alheios. Estresse só fará mal a você e a seu bebe. Viva sua gestação com muito amor, organize seu chá de fralda, seu chá de bebe, vibre com aqueles que torcem por vocês. Se aproxime só de quem deseja o bem e lhe quer bem. Tudo que sentimos nesse período seu bebe também sentirá. E não tem coisa melhor que sentir e espalhar amor e alegria sejam em palavras, gestos, uma conversa na madrugada entre você e seu baby.

Apenas curta cada momento.



Um comentário: